A Direção da Associação de Futebol de Setúbal promoveu, no sábado, em Setúbal, na unidade hoteleira que serviu de quartel-general às três delegações, o tradicional jantar oficial das comitivas que estiveram envolvidas na edição do Grupo 6 da Fase Zonal do Torneio Nacional Interassociações de Futebol Feminino Sub-17, que decorreu entre sexta-feira e domingo, no Campo do Olival, em Águas de Moura.

Três dias de uma prova que reuniu no concelho de Palmela, além da nossa representação, as seleções da Associação de Futebol do Algarve e Associação de Futebol de Beja, num evento organizado pela AF Setúbal, por delegação da FPF, e que contou com a parceria institucional do Clube Desportivo e Recreativo Águas de Moura.

Na ocasião, que reforçou os laços institucionais, o presidente da Direção da AF Setúbal, Francisco Cardoso, manifestou o seu agrado pela presença das comitivas distritais na nossa região no âmbito de “um torneio que foi mais uma grande festa de convívio interassociativo e que vincou a promoção do futebol feminino no distrito e no país espelhando o grande trabalho que continua a ser dinamizado pelas atletas, técnicos, clubes e associações regionais”.

Um universo que tem contribuído para a “significativa evolução quantitativa da variante no feminino e cujos frutos são cada vez mais reconhecidos e refletidos nas seleções distritais que têm a missão de reforçar esse trabalho no sentido de promover o maior número possível de atletas para as seleções nacionais”.


O presidente da Direção da AF Setúbal sublinhou que a prática do futebol feminino na nossa região continua a ser aposta bem presente e deixou o reiterado desejo de que “em 2021 todos os concelhos do Distrito de Setúbal tenham pelo menos uma equipa representante desta prática em atividade competitiva”. “É nesse sentido que trabalhamos para ver crescer as atletas e a modalidade, num trabalho que é sempre alicerçado nos clubes”, reforçou.

Francisco Cardoso, sobre a organização do torneio que animou Águas de Moura, garantiu que a AF Setúbal tudo fez para que a prova fosse realizada da melhor forma possível. “Uma prova em que a componente competitiva esteve, naturalmente, presente, mas, acima de tudo, visou proporcionar mais uma jornada de confraternização de todos os envolvidos. Creio que isso foi conseguido e, por isso estão todos de parabéns”.

Num reconhecimento especial, o líder diretivo da AF Setúbal não hesitou em agradecer ao CDR Águas de Moura, na pessoa do seu presidente Sérgio Porfírio, “por toda a disponibilidade pessoal e institucional, exemplar, efetivada ao longo dos três dias do evento realizado no relvado, recentemente inaugurado do Campo do Olival”.

Refira-se que no âmbito do jantar oficial das comitivas, a troca de lembranças institucionais que assinalaram a realização do torneio foi um dos momentos registados num evento que em que a AF Setúbal esteve representada, além do líder diretivo, Francisco Cardoso, pelos vice-presidentes Carlos Sevilha e João Aires, o coordenador técnico distrital, Tomás Pereira, e Paulo Casimiro (Gabinete Técnico).

A Federação Portuguesa de Futebol esteve representada pela Treinadora Nacional de Futebol Feminino, Marisa Gomes, numa mesa igualmente partilhada com o presidente da Direção do CDR Águas de Moura, Sérgio Porfírio.

O vice-presidente Albertino Galvão e o coordenador técnico José Borges representaram a Associação de Futebol do Algarve, sendo que a congénere da Associação de Futebol de Beja foi representada pelo diretor Jorge Parente e pelo coordenador técnico Vítor Rodrigues.

Declarações dos representantes institucionais


Marisa Gomes, Treinadora Nacional de Futebol Feminino da FPF

“Em nome da Federação Portuguesa de Futebol, felicito a AF Setúbal pela excelente organização do torneio e a dedicação e trabalho de todos os envolvidos no evento.

O trabalho direto dos clubes com as atletas foi demonstrado e enaltecido, também fruto do profissionalismo dos técnicos que são sempre peças fundamentais no seu processo evolutivo.

Agradecer o papel determinante das associações neste percurso que, apesar das realidades diferentes de cada uma, devem traçar objetivos comuns para reforçar a evolução da modalidade no feminino, numa motivação partilhada, porque não há topo sem base”.

Marisa Gomes (FPF) e Carlos Sevilha (AFS)


Sérgio Porfírio, presidente da Direção do CDR Águas de Moura

“Foi uma grande honra para o CDR Águas de Moura ter a oportunidade de receber um evento tão prestigiante no novo relvado do Campo do Olival, acedendo ao convite da Direção da AF Setúbal, através do seu presidente Francisco Cardoso, para estabelecer esta prestigiante parceria institucional.

“Fizemos o que esteve ao nosso alcance para que tudo corresse bem no âmbito de uma agradável experiência que, reforço, muito honrou e orgulha o clube e que ficará guardada na nossa história. Muito obrigado a todos”.


João Aires (AFS) e Sérgio Porfírio (CDR Águas de Moura)


Albertino Galvão, vice-presidente da AF Algarve

“Agradecemos a forma como fomos muito bem recebidos. A coloração institucional entre todos foi excelente e tudo correu bem.

A AF Setúbal está de parabéns pela organização de um grande torneio”.


Carlos Sevilha (AFS) e Albertino Galvão (AF Algarve)


Jorge Parente, diretor da AF Beja

“Enaltecemos o acolhimento proporcionado pela AF Setúbal no âmbito de um torneio que foi 5 estrelas.

Tivemos muito gosto em estrear o relvado do Campo do Olival, numa prova interassociativa que promoveu de forma exemplar o futebol feminino. Obrigado a todos”.


 Carlos Sevilha (AFS) e Jorge Parente (AF Beja)