Um saldo de 50 por cento de aproveitamento. Do quarteto (Amora FC, CO Montijo, CD Pinhalnovense e Charneca de Caparica FC) que atuou na I Eliminatória da Taça de Portugal Placard, disputada este fim-de-semana, a AF Setúbal viu apurados, desde já, dois emblemas (Amora FC e CO Montijo) para a segunda ronda da competição.

 

Refira-se que na II Eliminatória, a par de amorenses e montijenses, a AF Setúbal eleva, garantidamente, para três o número de representantes, uma vez que o CD Cova da Piedade (Ledman LigaPro) começa a fazer parte das contas.


Contudo, há 17 equipas que ainda podem vir a ser repescadas.

 

Amora e Montijo deram-se bem com açorianos

 

Na abertura da edição 2017/18 da Taça de Portugal Placard as quatro equipas da AF Setúbal tiveram pela frente três adversários açorianos e duas saíram-se bem do teste.

 

Frente aos ilhéus, a equipa do Amora FC foi a única que jogou a eliminatória na condição de visitante e nem por isso, a ambição dos amorenses refreou, já que na Ilha do Pico, no jogo realizado no sábado, e que marcou o pontapé de saída da presente edição da Prova Rainha, o conjunto vice-campeão da I Divisão Distrital da AF Setúbal e vencedor da Taça AFS “Joaquim José Sousa Marques”, na última época, puxou dos galões e carimbou um triunfo (3-0) sem mácula.

 

CONFIRA AQUI A FICHA DO JOGO: VITÓRIA FC DO PICO X AMORA FC

 

Quem soube igualmente ‘dar a volta’ aos açorianos foi a equipa do CO Montijo.

 

Ainda que a jogar diante dos seus adeptos, os montijenses (campeões da I Divisão Distrital da AF Setúbal 2016/17) exibiram-se de forma categórica e atingiram o objetivo de seguir em frente na competição.

 

O resultado (3-0) construído na segunda metade da partida faz com que o CO Montijo renove a motivação de chegar ainda mais longe na festa do futebol nacional.

 

CONFIRA AQUI A FICHA DO JOGO: CO MONTIJO X SC LUSITÂNIA

 

Dupla menos afortunada

 

No reverso da medalha, a equipa do Charneca de Caparica FC (finalista vencida da mais recente edição da Taça AFS “Joaquim José Sousa Marques”) foi a que pior se deu com os açorianos.

 

A jogar no relvado do Estádio Municipal José Martins Vieira, na Cova da Piedade, o emblema charnequense, apesar do significativo apoio dos seus adeptos, enfrentou um opositor de escalão competitivo superior e não conseguiu mostrar argumentos suficientes para assegurar, neste particular, a subida ao segundo degrau da Taça.

 

O desaire (0-2) espelhou a diferença entre as equipas, num jogo em que o Charneca FC, apesar de tudo, honrou o futebol da nossa região.

 

CONFIRA AQUI A FICHA DO JOGO: CHARNECA DE CAPARICA FC X C OPERÁRIO D

 

Semelhante desfecho averbou o CD Pinhalnovense no reduto dos ‘gansos’.

 

A deslocação dos ‘azuis e brancos’ a Lisboa, onde enfrentaram o Casa Pia, conheceu a incerteza do resultado da eliminatória apenas até ao intervalo, já que na segunda metade o adversário festejou os dois golos que valeram a derrota dos pinhalnovenses.

 

O conjunto de Pinhal Novo voltou a não ser feliz frente a um adversário que lhe tem calhado em ‘sorte’ nas últimas edições da Taça.

 

CONFIRA AQUI A FICHA DO JOGO: CASA PIA AC X CD PINHALNOVENSE

 

Sorteio marcado para dia 11

 

A FPF agendou para o próximo dia 11 (segunda-feira), a partir das 15 horas, a realização do sorteio da II Eliminatória da Taça de Portugal Placard.

 

Perante o quadro de resultados, a AF Setúbal tem a garantia de estar representada no sorteio com as equipas do Amora FC, CO Montijo e CD Cova da Piedade, esta última que surge em estreia na presente edição da prova em virtude de alinhar na Ledman LigaPro.


Todavia, e de acordo o regulamento da competição, a II Eliminatória contará com um total de 92 emblemas, pelo que, feitas as contas às 60 equipas já apuradas na ronda inaugural, a que se somam 15 oriundas da Ledman LigaPro (as equipas 'B' não estão habilitadas a entrar na prova), abre-se espaço a 17 conjuntos que podem vir a ter nova oportunidade de seguir em frente na caminhada rumo ao Jamor.